MC8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REDENTORISTAS: ANIVERSÁRIO DE FUNDAÇÃO

 

Dia 9 de novembro de 1732, Santo Afonso e 6 confrades davam início à Congregação Redentorista, na cidade de Scala, no sul da Itália. Afonso e seus companheiros dedicaram-se a evangelizar os pobres pelas missões e retiros espirituais. A espiritualidade da Congregação tem como pilares: O presépio, a cruz, os Sacramentos e Maria. No Brasil dedicam-se às Missões, Meios de Comunicação Social, Santuários e Paróquias. Estão presentes em todas as regiões do Brasil, desde 1893. Em Recife, estão na Paróquia N. Sra. Perpétuo Socorro, na Madalena, e no Morro da Conceição.   

 

 

Redentoristas no Brasil.

 

Em 1893, chegaram os primeiros Missionários Redentoristas ao Brasil. Eles vieram da Holanda para trabalhar na cidade de Juiz de Fora, Estado do Rio de janeiro.

Em outubro de 1894, chegaram da Alemanha os Redentoristas para trabalhar no Santuário de Nossa Senhora da Conceição em Aparecida, no Estado de São Paulo e no Santuário do Divino Pai Eterno, em Trindade, Estado de Goiás.

Em seguida, vieram Redentoristas dos Estados Unidos para Manaus no Amazonas, Campo Grande, no Estado de Mato Grosso do Sul e Curitiba, Estado do Paraná.

Para Fortaleza, Estado do Ceará, vieram os Redentoristas da Irlanda. Os Belgas para Sergipe e os Poloneses para o Estado da Bahia.

Atualmente, no Brasil são cerca de 600 Redentoristas, entre padres, irmãos e diáconos.

 

Trabalhos Redentoristas no Brasil.

 

Fundados por Santo Afonso Maria de Ligório em 1732, no Sul da Itália, para pregar as Santas Missões, os Redentoristas foram logo se dedicando a essa atividade pastoral no Brasil, indo de cidade em cidade, por décadas, até os dias de hoje, eles dedicam-se à pregação das Missões Populares. O lema das Missões, a partir do Concílio Vaticano II, ocorrido de 1962 a 1965, passou a ser: "Viver e crescer com Maia em comunidade!"

As Missões são pregadas visando a evangelização e a renovação das comunidades paroquiais.

 

Trabalhos Redentoristas nos Santuários.

 

Santuários cuidados pelos Redentoristas no Brasil.

  • Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida / SP.
  • Santuário Divino Pai Eterno, em Trindade /GO.
  • Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Campo Grande / MS.
  • Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Curitiba / PR.  
  • Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Goiânia / GO.
  • Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Belém / PA.
  • Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus, em Porto Alegre / RS.
  • Santuário Nossa Senhora da Conceição - Morro da Conceição, em Recife / PE.
  • Santuário Bom Jesus da Lapa, em Bom Jesus da Lapa / BA.
  • Santuário Bom Jesus, em Pirapora do Bom Jesus / SP.
  • Santuário São Geraldo Majella, em Curvelo / MG.    
  • Santuário Nossa Senhora da Ajuda / BA.

 

A devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

 

No dia 26 de abril de 1866, o Papa Pio IX entregou aos Redentorista o Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro com a missão de fazê-lo conhecido no mundo inteiro. O ícone original encontra-se na Basílica de Santo Afonso, em Roma, junto à casa geral dos Redentoristas.

No Brasil há várias igrejas onde Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é venerado, e se tornou polos de devoção, através da Novena Perpétua.

 

  • Curitiba/PR.
  • Campo Grande/MS.
  • Manaus/MA.
  • Belém/PA.
  • Teresina/PI.
  • Goiânia/GO.
  • Araraquara/SP.
  • São João da Boa Vista/SP.

 

Trabalho nos Meios de Comunicação.

 

Os Redentoristas desenvolvem o apostolado estando nos meios de comunicação sociais.

Editoras, Rádios, Televisões, Internet.  

 

Centros de Assistências Sociais.

 

Visando a promoção humana de modo integral, os Redentoristas atuam nos Centros Sociais, onde desenvolvem atividades focadas nos mais carentes e necessitados. Desenvolvem projetos sociais com crianças, jovens e adultos.

Os Redentoristas estão organizados em Províncias e Vice Províncias no Brasil. Atualmente, são cinco províncias e quatro vice províncias que são reconhecidas com título de filantropias, por isso, realizam diversas obras sociais e assistenciais em todo o Brasil. 

 

Reestruturação em vista da Missão.

 

A Congregação do Santíssimo Redentor - CSSR - passa por reestruturação interna, como várias congregações e institutos religiosos no mundo inteiro. Devido à diminuição das vocações, sobretudo nos países do primeiro mundo, fenômeno que afeta a Igreja toda, e principalmente em vista do carisma congregacional, a reestruturação tornou-se necessária.

A reestruturação, na prática, faz com que surja uma nova configuração das comunidades e frentes missionárias. Deste modo, as províncias e vice províncias recebem uma nova distribuição. Os critérios geográficos e históricos das unidades da congregação foram considerados para a nova configuração que será efetivada a partir de 2022. A Vice Província de Recife será unificada com a Vice Província de Fortaleza e a Província de Goiás.