MC8

A ORIGEM DO SANTUÁRIO DO MORRO DA CONCEIÇÃO

 

Em 1904, Dom Luís Raimundo da Silva Brito, bispo de Olinda e Recife, mandou erguer um monumento a Nossa Senhora da Conceição, em comemoração ao cinquentenário da declaração do Dogma da Imaculada Conceição. Também foi construída uma capela e aberta uma estrada para acesso ao local.

     

Em 8 de dezembro de 1904, para a inauguração do monumento, uma grande multidão acorreu ao Morro, transformando-o em local de peregrinação e a data passou a ser feriado municipal em Recife. "Na 'Terra de Santa Cruz', no Estado de Pernambuco, o jubileu do Dogma da Imaculada Conceição ficará marcado por gerações incontáveis na memória do povo. Foi um dia de júbilo assistido por mais de vinte mil pessoas que testemunharam sua fé e seu amor à Maria Santíssima" (Cfr.Livro Tombo). 

     

Em 1975, Dom Hélder Câmara, Arcebispo de Olinda e Recife, criou a Paróquia Nossa Senhora da Conceição. Desde 1904, o local vem passando por melhorias, graças à organização popular. A área recebeu nessas décadas pavimentação, água, luz, quadra poliesportiva, terminal de ônibus, posto de saúde, posto policial, escolas. A comunidade do Morro da Conceição participou ativamente desse processo histórico e conta com muitas vitórias e conquistas.

     

No dia 8 de dezembro de 2015, Dom Antônio Fernando Saburido, OSB, Arcebispo de Olinda e Recife, fez o decreto elevando a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição à condição de Santuário Arquidiocesano.